fbpx

Sensores industriais – Descubra sua importância para a indústria moderna

Sensores industriais – Descubra sua importância para a indústria moderna

Sensores industriais possuem cada vez mais importância na indústria moderna, ainda mais se levarmos em conta o contexto da Indústria 4.0

Se você trabalha na ou com a indústria, já deve saber que os sensores industriais são cada vez mais importantes. De fato, eles são essenciais em diversas fases do processo produtivo, exercendo papel imprescindível na automação industrial. Apesar disso, algumas pessoas ainda insistem em não dar a devida atenção a eles. O resultado? Acabam perdendo dinheiro e produtividade. Se você é desses que ainda não estão convencidos de que o uso dos sensores pode revolucionar a sua indústria, este artigo é principalmente para você! Porém, mesmo você que já entende a importância desse recurso, não deixe de ler. Afinal, conhecimento nunca é demais…

Por falar nisso, leia mais artigos informativos e GRATUITOS, clicando aqui.

Enfim, este artigo foi criado tendo como fonte informações fornecidas pela nossa parceira Balluff. Nossa equipe de especialista está à disposição caso queira saber mais, clique aqui.

AFINAL, O QUE SÃO OS SENSORES INDUSTRIAIS?

Sensores industriais são dispositivos com a habilidade de transformar variáveis físicas — como temperatura ou velocidade, por exemplo — em informações que possam ser lidas e compreendidas ou pelo trabalhador ou por um sistema.

Sendo assim, cada tipo de sensor é capaz de detectar determinada grandeza física. Em seguida, ele transforma essa grandeza em sinais elétricos, sonoros ou (o mais importante) em dados.

De fato, o sensores mais modernos são capazes de gerar dados de absoluta importância, o que é um ponto crucial na era da Indústria 4.0. Nesse sentido, os sensores são uma ferramenta essencial dentro do conceito de IIoT (Internet Industrial das Coisas), que você pode conhecer melhor clicando aqui.

Por fim, tendo em mente que gerar dados é a base da quarta revolução industrial (Indústria 4.0), os sensores inegavelmente estão na linha de frente. Ou seja, eles são fundamentais caso você deseje manter a sua indústria competitiva nesse novo cenário.

BENEFÍCIOS

Dito isso, não há dúvidas que o uso de sensores industriais só traz benefícios para as indústrias, entre eles:

  • padronizar os processos industriais;
  • garantia a segurança no chão de fábrica;
  • garantir a qualidade dos produtos;
  • Agilizar os processos industriais;
  • Auxiliar na redução do desperdício de matéria-prima, energia elétrica e água;
  • Aumentar a produtividade;
  • Garantir o cumprimento de normas industriais específicas (como por exemplo, as normas de higiene no setor de alimentação);
  • entre outras.

TIPOS DE SENSORES INDUSTRIAIS

Existe uma série de tipos de sensores industriais. Desse modo, cada um funciona e é útil de uma maneira diferente. No entanto, fato é que todos eles possuem uma função vital na automação industrial moderna. Nos próximos tópicos, você conhecerá melhor cada um dos tipos de sensor, confira…

Sensores indutivos
sensores-balluff-indutivo

Os sensores indutivos, também chamados de sensores de proximidade, são dispositivos eletrônicos cuja função é detectar partes e peças metálicas de ferro, aço, alumínio, latão e aço inox.

Além disso, podem ser usados para detecção de fim de curso, leitura de posição de longa distância, contagem e reconhecimento de pulsos por meio de componente mecânico dentado, detecção de presença ou ausência de material metálico, entre outros.

Esse tipo de sensor funciona a partir de um campo eletromagnético variável gerado pelo oscilador em conjunto com a bobina na extremidade do dispositivo. Quando um material metálico entra neste campo, pequenas correntes parasitas são induzidas, diminuindo a energia do campo e a amplitude do sinal do oscilador.

Sensores de pressão
sensores-balluff-pressao

Os sensores de pressão obviamente realizam a medição da pressão, inclusive em meios viscosos, pastosos, cristalizados ou que contenham partículas sólidas.

Da mesma forma, podem ser usados para o monitoramento de meios de produção como agentes de refrigeração, óleos hidráulicos e pneumáticos.

Por fim, alguns ainda vem equipados com IO-Link, responsável por transmitir de maneira contínua — em tempo real — os valores medidos e as informações diagnósticas complementares para um controlador.

Sensores capacitivos

Os sensores capacitivos são utilizados em várias aplicações industriais, podendo ser usados para detecção inteligente de líquidos com ou sem contato com o meio, para a detecção de objetos através de campo magnético ou para a detecção de objetos sem contato mecânico. Desse modo, permitem a seleção de materiais, a medição de espessuras de camadas de qualquer material, o monitoramento da espessura de produtos, a medição de alturas, a determinação de diâmetro, entre outros.

Sensores magnéticos

Os sensores magnéticos são muito utilizados no monitoramento da posição do êmbolo em cilindros e garras, usando o campo dos ímãs integrados, funcionando totalmente sem contato.

Além disso, hoje em dia, eles podem ser aplicados até mesmo nos ambientes mais severos, chegando a suportar respingos de soldas e faíscas, além de temperaturas de até 105ºC.

Assim como os sensores de pressão, os magnéticos também oferecem a possibilidade de utilizar a comunicação IO-Link, facilitando o entendimento e o monitoramento do sistema.

Sensores optoeletrônicos

Os sensores optoeletrônicos servem para detectar a presença de objetos. Dessa forma, torna possível verificar com segurança variáveis como: a cor, o formato, a distância e a espessura do objeto. Tudo com diversidade de alcance e com opções com ou sem supressão de fundo – facilitando a sua aplicação em diversos segmentos industriais.

CONCLUSÃO

Como você pode notar, os sensores industriais possuem uma ampla gama de aplicações, ajudando vários segmentos da indústria a se tornarem mais eficientes, produtivos e seguros. Da mesma forma, viu que eles exercem um papel essencial na indústria moderna, fornecendo valiosos dados que se convertem em fabulosos benefícios, clique aqui e veja quais.

Por fim, cabe ressaltar novamente, que a Indústria 4.0 é baseada na coleta de dados. Nesse sentido, os sensores são imprescindíveis.

Fonte: Balluff

Abril - O mês do conhecimento na DJP

Em abril, a DJP está empenhada em compartilhar o máximo possível de conhecimento com você CLIQUE AQUI E ACESSE MAIS ARTIGOS ESPECIAIS SOBRE A INDÚSTRIA!

Sobre o autor

DJP Automação
DJP Automação
A DJP possui 20 anos de experiência na área de automação industrial. Através do blog compartilha com você um pouco do conhecimento adquirido em todos esses anos, principalmente na área de CLPs, sensores e pneumática industrial.

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário

Open chat
Estamos à disposição!
Olá! Estamos aqui, precisando é só chamar...
Powered by